06
set

A qualificação para o comércio chega ao interior do Estado.

publicado no Caderno 3.

     O sucesso varejista foi revelado num levantamento do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Comércio.

    A alta foi de quase 15% se comparada ao mesmo período do ano passado. O relatório apontou que a liderança entre setores pertence às lojas de materiais para escritório, informática e comunicação. Em seguida surgem empresas de venda de móveis e eletrodomésticos; os hipermercados e supermercados vem depois. No  final, estão as lojas de publicações e papelaria, artigos farmacêuticos, médicos e ortopédicos, os produtos de perfumaria/cosméticos, tecidos/vestuários e calçados.

As vendas do varejo não param de crescer em todo o Ceará, e os comerciários devem aproveitar e crescer com o contexto. Há qualificação até a distância.

     Os resultados refletem a intenção de muitos cearenses em investir nesse segmento. Se o interesse pelo comércio varejista bateu na sua porta, a melhor forma para se dar bem nessa área é com qualificação.

PONTAPÉ

     Há mais de 60 anos o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC) expandiu seus horizontes para além da capital cearense. No SENAC-Ceará existe uma gama de cursos de capacitação que fortalece o comércio de bens e serviços. Entre os cursos oferecidos pela entidade está o de Gestão e Negócio (Comércio, Gestão e Idiomas). O foco aqui é o aperfeiçoamento do profissional em técnicas de negociação, tendo como objetivo o sucesso das vendas e fidelização do cliente. Estratégias de liderança e conhecimentos sobre ferramentas de marketing são essenciais para desenrolar o negócio varejista.

       O SENAC-CE possui unidades próprias em Fortaleza, Sobral, Guaramiranga, Iguatu, Juazeiro do Norte e Crato. São 156 os municípios cearenses que já possuem ações desenvolvidas pela instituição, seja nas próprias unidades ou através de parceiros. Hoje, por exemplo, estão sendo oferecidas capacitações em 26 municípios das regiões Centro Sul, Vale do Salgado e Sertão Central.