23
ago

Candidatos a emprego: O que fazer e o que evitar.

publicado no Caderno 1.

Mesmo você não sabendo, certas atitudes podem comprometer a busca por uma oportunidade no mercado de trabalho.

   Sua postura na entrevista de emprego, o que você exibe em seu currículo e até mesmo como se comporta nas redes sociais. Tudo isso pode fazer diferença na hora de conquistar uma vaga.

Candidatar-se a um emprego significa assumir uma postura de conduta. Observe seu vestir, seu falar e seu agir.

   Durante a busca, mantenha o foco. Não se candidate a vagas que não têm o seu perfil profissional, a menos que tenha uma razão específica que possa ser explicada no currículo, ou numa breve carta de apresentação. Aqueles que saem distribuindo currículo para qualquer vaga que aparece, quase sempre, não obtém sucesso nesta empreitada.

REDES SOCIAIS

   Se pretender utilizar a internet ou as redes sociais na procura por um emprego, atenção! Especialistas em mídias sociais recomendam usar o LinkedIn ou o Twitter. Essas duas redes são conhecidas por aproximar profissionais. O Facebook pode ser aproveitado se você já conhecer a pessoa que será seu contato para a oportunidade desejada.

   Adicionar no Facebook alguém desconhecido por interesses profissionais pode ser uma estratégia de risco, já que a maioria dos usuários utiliza essa rede para ampliar o leque de endereços pessoais, postando materiais informais e até íntimos. Portanto, prefira sempre o LinkedIn ou o Twitter se o assunto for trabalho.
Procurar emprego de uma maneira correta nos ajuda a crescer.

COMO ELABORAR O CURRICULUM VITAE

* Prefira qualidade e não quantidade. Seu currículo deve ter uma ou duas páginas, no máximo;
* Não coloque números de documentos (RG, CPF, PIS ou Passaporte);

* Não é preciso descrever características da sua personalidade. Elas serão analisadas depois, quando chegar à entrevista de emprego.

* Evite incluir experiências que não contribuem com a vaga que você procura, ou deixe estas para o final do documento;

* Só coloque foto se forem pedidas;

* Revise o que está escrito quantas vezes considerar necessário. Assim, evitam-se erros gramaticais ou de digitação;

* Tenha paciência. Depois de enviar um currículo, a mania de entrar em contato exaustivamente para obter um retorno pode prejudicá-lo ao invés de ajudar. Se a empresa tiver interesse, vai comunicar-se com você.

ATITUDE NA ENTREVISTA

Antes de ficar frente a frente com o recrutador tenha em mente a importância de evitar alguns erros que podem acabar com suas chances na entrevista.

* Atrasos ou ausências;

* Falta de atenção. Cuidado com o celular (só atenda se for extremamente necessário);

* Falar mal da sua empresa anterior, inclusive do ex-chefe;

* Usar linguagem coloquial, erros de português e gírias informais podem comprometê-lo;

* Nunca diga mentiras; pode apostar que elas são facilmente descobertas;

* Não saber nada sobre a empresa antes da entrevista pode parecer falta de interesse.
Portanto, é necessário pesquisar antes do encontro.