11
out

Mar de oportunidades com o Acquário.

publicado no Caderno 8

    Em busca de oferecer interatividade, diversão e consciência ambiental, o Governo do Ceará aposta num projeto que alia educação ao entretenimento.

O Acquário Ceará, na Praia de Iracema, contará com dois cinemas 4D, salas interativas, um ponto de navio naufragado para mergulhos, três simuladores de submarino e um túnel de tubarões por dentro do aquário.

O complexo turístico terá modernos aquários num circuito de visitação com restaurante e área para eventos. Haverá vagas para profissionais preparados.

Durante o roteiro, o visitante poderá apreciar recifes de corais, ambientes costeiros, peixes exóticos e milhares de espécies vivas de diversos oceanos. Em instalações com tecnologia avançada, serão realizados passeios num aquário de pinguins e numa estação submarina, dentro de um dos maiores tanques de água salgada do mundo, com 50 metros de comprimento. Todos esses números fazem com que o Acquário Ceará seja o maior equipamento do tipo, na América Latina.
IMPACTO E TRABALHO

Para o Secretário de Turismo do Estado, Bismarck Maia, em menos de um ano o empreendimento duplicará o fluxo de turistas no Ceará: “Mesmo considerando apenas o fluxo e o gasto per capita atual, para visitar um complexo como esse será necessário mais um dia de permanência em Fortaleza. Assim, se dos três milhões de visitantes que o Ceará recebe anualmente, apenas um milhão optarem pela visita ao Acquário, obteremos cerca de R$ 230 milhões a mais, que impactarão em nossa economia”, ressalta Bismarck.

De acordo com a Secretaria de Turismo, o Acquário vai gerar cerca de 150 empregos diretos, 1,6 mil indiretos e 18 mil na cadeia produtiva. Engenheiros (civis, mecânicos, de pesca e de alimentos), mergulhadores, biólogos, químicos, farmacêuticos, veterinários e vários outros profissionais terão chance de ocupação.

Além disso, o Acquário tem o objetivo melhorar a vida das pessoas das comunidades da Praia de Iracema, como a do Poço da Draga. “Com apoio, capacitação e financiamento, surgirão várias atividades relacionadas ao turismo, tais como bares, cafés, restaurantes e pequenos meios de hospedagem”, completa Bismarck Maia.

 

QUALIFICAÇÃO TÉCNICO-CIENTÍFICA

Um Termo de Cooperação Técnica foi firmado entre a Secretaria de Turismo e a Universidade Federal do Ceará (UFC), para que esta, por meio do Instituto de Ciências do Mar (Labomar), oriente as ações do Acquário Ceará, tanto nos aspectos de manejo quanto nos de pesquisas científicas. Portanto, o Labomar será o responsável por gerenciar aspectos técnicos, definir e cuidar das espécies biológicas mais adequadas para permanecer no equipamento e guiar as pesquisas científicas.

Com essa parceria, o instituto científico multiplicará em vinte vezes sua capacidade de trabalho, segundo aponta o presidente da entidade, Luís Parente. “Todos estes fatores vão permitir a criação de um know how (saber prático) local em maricultura, com mão de obra capacitada. O Ceará se tornará um importante polo de pesquisa da vida marinha e desenvolverá como nunca o setor pesqueiro do Estado”, ressalta Parente.

SERVIÇO
Instituto Labomar.
Av. Abolição, 3207, Meireles,  Fortaleza – CE. Tel: (85) 3366.7000. Site: www.labomar.ufc.br