30
ago

O pensamento positivo de um jovem inventor.

publicado no Caderno 2.

Robson Pedroza, estudante de engenharia civil, está planejando um projeto arrojado.

O estagiário Robson Pedroza se mostra positivo perante as novas oportunidades da indústria cearense. E considera que seu container terá um bom aproveitamento no setor.

   Este jovem está trabalhando no desenvolvimento de um container diferenciado, por ter isolamento térmico e acústico. “Um container comum que é colocado em uma determinada obra, geralmente esquenta, abafa e causa desconforto. Esse que estou desenvolvendo a partir de “placas sanduíches” não apresentará esse problema”, explica o universitário.

   Além disso, Robson explica que o novo container pode ser visto como altamente sustentável, isso porque serão utilizadas placas fotovoltaicas para a produção de energia solar. Elas serão instaladas em cima do container e a energia utilizada toda oriunda do sol, não será preciso fazer instalação elétrica.

   A partir de boas idéias como essa é que Robson aposta num emprego no Complexo Industrial e Portuário do Pecém. Ele ainda estuda na metade do curso de engenharia, mas já pensa em fazer especialização em Petróleo e Gás ou Gerenciamento de Obras. “Me sinto muito feliz pelas oportunidades que estão aparecendo tanto no Pecém como na indústria cearense”, ressalta.

Além disso, Robson explica que o novo container pode ser visto como altamente sustentável, isso porque serão utilizadas placas fotovoltaicas para a produção de energia solar. Elas serão instaladas em cima do container e a energia utilizada toda oriunda do sol, não será preciso fazer instalação elétrica. Atualmente, Pedroza se desempenha como estagiário em engenharia civil numaa conhecida empresa de equipamentos.