27
set

Praia, serra e sertão. Vagas em todo o Ceará.

publicado no Caderno 6

             Ao longo de todo o litoral cearense, sobram vagas em parques aquáticos, bares e restaurantes à beira-mar, pousadas ou hotéis de luxo, comércio regional ou ainda na comercialização do nosso rico artesanato. 

Cenários serranos únicos, um sertão de culturas regionais e 570 quilômetros de litoral. Em quaisquer das regiões, a qualificação para o turismo no Ceará é necessária.

             As praias paradisíacas e ideais para a prática de esportes náuticos também possibilitam vagas para os profissionais que vão atuar como professores em escolinhas de surf ou windsurf, por exemplo, ou como guias de turismo.

             O ecoturismo nas regiões de serra também é um forte atrativo para os nossos visitantes e abre oportunidades no receptivo e nos demais setores de serviço.

            Mesmo no sertão, o turismo religioso, científico ou histórico gera divisas para os empresários e empregos para a população. É o caso das cidade de Canindé e Juazeiro do Norte, onde as devoções a São Francisco e a Padre Cícero, respectivamente, atraem milhares de romeiros e os empreendedores contratam um número de funcionários cada vez maior para o atendimento do público.

          Para Paulo Remígio, coordenador técnico do Senar, no Ceará, o turismo rural se fortalece com os hotéis-fazenda. “São propriedades bem equipadas, que oferecem comidas típicas, passeios rústicos e outros atrativos particulares”, salienta. “O potencial existe. Agora precisamos de maior nível organizacional e de incentivos governamentais para afiançar o turismo rural no Estado”, completa.


E A TECNOLOGIA?

          Os agricultores, trabalhadores rurais e moradores do interior têm acesso a laboratórios de informática e novos dispositivos de comunicação, graças ao programa Inclusão Digital, do Senar. Com este projeto, pessoas de 15 municípios cearenses incorporam o uso de ferramentas administrativas digitais, navegando pela internet e utilizando instrumentos como o Canal do Produtor, que utiliza a informática como ferramenta de capacitação dos produtores rurais para gestão dos próprios negócios no campo.

         Os interessados podem obter mais informações enviando e-mail para imprensa@faec.org.br. Outra opção é ligar para o telefone: (85) 3535.8038.


APROVEITAR AS CHANCES

No Ceará, as empresas procuram novos funcionários na área do turismo nos bancos de dados dos serviços sociais e instituições técnicas que oferecem cursos de capacitações. No momento da convocação, os trabalhadores devem ter a qualificação específica, que pode ser adquirida nos cursos ofertados pelo Senac e pelo IFCE. O Sebrae disponibiliza consultorias e treinamentos focados na qualificação das empresas.


SENAC

          As unidades do Senac realizam capacitações em idiomas e gestão. Hoje, o Senactem oito unidades: quatro em Fortaleza e as outras em Crato, Iguatu, Juazeiro do Norte e Sobral. Todas as unidades oferecem, em conjunto, uma média de 500 cursos.

SEBRAE

           O Sebrae conta com uma rede de atendimento no Ceará que oferece capacitações importantes para o empreendedor turístico como “Noções de atendimento ao cliente”, “Formação de empresas” e “Geração de cooperativas”.

ONDE MAIS?

O aperfeiçoamento também pode ser feito nos CENTEC, CVT e IFCE.

CVT-CENTEC. (85) 3066.7000. www.centec.org.br

IFCE. Tel: (85) 3307.3666. www.ice.edu.br
SEBRAE. Tel: (85) 3255.6600. www.sebrae.com/uf/ceara/

SENAC Turismo. Tel: (85) 3433.3884. www.ce.senac.br/turismo/