20
set

Qualificação que está na moda.

publicado no Caderno 5

         Que tal a Moda? Dados do Sindicato da Indústria de Confecção do Ceará (Sindconfecções) apontam que o setor têxtil e do vestuário empregamais de 113 mil pessoas, distribuídas em cerca de 1.600 indústrias.

                O segmento têxtil cearense, havendo passado por períodos turbulentos, se prepara para ganhar posições importantes. Para ajudar quem deseja se encaixar na área, seguem algumas recomendações de cursos.

Lidiane Cavalcante Goncalves, aluna do curso de Corte e Costura do Senac-CE, afirma que sua meta é iniciar rapidamente sua própria empresa de confecção, costura e desenho de roupas.

MODELISTA

        É o especialista que modela peças do vestuário, aplicando conhecimentos de desenho técnico e cálculos aritméticos para a modelagem em tecidos planos. Isto considerando a estrutura, caimento e sentido do fio dos tecidos, com instruções especificadas para elaboração de moldes. De acordo com a professora do curso de modelagem do Senac, Beth Malveira, o aluno que optar por essa capacitação deve ser disciplinado, uma vez que as técnicas utilizadas não são fáceis de serem dominadas.

        Adelaide Brasil, estudante de design de moda, ressalta a importância de conciliar a carreira superior às técnicas desenvolvidas no curso técnico. “Conhecimento nunca é demais, até porque a concorrência é grande”, completa.

DESENHO DE MODA

                   Profissional da produção cultural e design; é quem desenha as peças do vestuário utilizando técnicas de pintura a cores, considerando as dimensões dos materiais e identificando a roupa adequada às figuras. O desenhista de moda cria, de acordo com o biotipo do cliente, e interage com estilistas, modelistas, confeccionistas e vitrinistas.

                   Para o professor do curso, Khyko Araújo, o desenhista deve trabalhar com sensibilidade, criatividade, e receptividade. Segundo ele, dessa forma será fácil obter destaque no mercado. É isso o que deseja Maria Haussiete, vendedora de roupas que aconselha: “Acredito que todo mundo deveria procurar qualificação, independente da idade”.


CORTE E COSTURA

         Montar peças completas após cortar e costurar: é a função do costureiro. Esse profissional ganha espaço no mercado cearense, como o garante a professora Lindmárcia Ramires. A instrutora ressalta que atualmente há uma carência de costureiros no Estado, haja vista a grande necessidade das empresas. “O aluno sai do Senac já empregado. E hoje, ainda tem a opção de escolher, entre as propostas de trabalho, qual vaga ocupar”.

         Conseguir emprego rápido e um bom salário é o que espera a jovem Lidiane Cavalcante. A estudante expressa estar colocando em prática várias técnicas apreendidas. “Quero trabalhar numa grande firma e depois montar meu próprio negócio”, afirma com espírito empreendedor.

SEVIÇO:
SENAC – Iracema. Rua Boris, 90, Praia de Iracema – Fortaleza – CE. Tel.: 3452.1242
Pré-requisito para participar: ter 17 anos e Ensino Fundamental concluído.