11
out

RH: Formação certa para o mercado.

publicado no Caderno 8

    A cada ano cresce o número de empresas que investem em soluções para a área de recursos humanos.

As agências de emprego buscam, capacitam e selecionam mão de obra. Para conseguir uma rápida colocação é preciso investir na carreira escolhida. Consultá-las se possível, é o que recomenda o especialista Israel Araújo.

    Há décadas, as agências de emprego oferecem serviços de orientação profissional, colocação no mercado de trabalho, seleção de candidatos e até mesmo treinamento motivacional (coaching). No Ceará, junto com a quantidade destas empresas, aumenta o número de trabalhadores recorrendo a esta intermediação, que pode ser uma boa solução para os profissionais que buscam vagas, especialmente, nos megaprojetos que estão sendo implantados no Estado.

   Para vários especialistas, o nível de empregabilidade de um candidato pode ser definido a partir de três itens: idade, formação e experiência. Considerando estas exigências, as agências de emprego funcionam como uma ferramenta de inserção para os profissionais. Elas possuem redes de relacionamento com as empresas e instituições onde estão as oportunidades e encaminham os candidatos adequados para as vagas.

ATITUDE PROFISSIONAL

    De acordo com Israel Araújo, diretor da empresa Véli Soluções em RH, é imprescindível para um candidato criar uma boa rede de contatos profissionais. Além disso, ele deve manter o currículo ou portfólio cadastrado nos principais sites de emprego. “As empresas de consultorias ajudam a tirar o máximo de proveito das competências dos aspirantes, podendo assim, impressionar o entrevistador na hora da seleção”, explica Araújo.

    A gestora de desenvolvimento humano da Fastjob Serviços Profissionais, Alice Café, compartilha essa análise. Para a especialista, antes de qualquer ação, o candidato deve observar o que o mercado procura, verificar dentro do seu perfil profissional o que ele possui e encontrar os elementos que faltam para se tornar desejável pelas empresas.

    “Feito isso, é importante investir em qualificação continuada, pois quanto melhor a oportunidade de trabalho, quanto mais benefícios ela apresenta, mais a vaga exige preparações específicas”, completa Alice. As atitudes do candidato a emprego são o fator que condiciona suas chances de conquistar a vaga.

2 QUESTÕES PARA GANHAR A VAGA

Currículo.

  O candidato deve pensar num currículo como material de divulgação. Para Israel Araújo, um bom currículo é sucinto, objetivo e organizado. Na introdução é preciso constar dados pessoais, contatos e objetivos profissionais. É válido destacar 3 ou 4 conquistas como resumo de experiências. Em seguida, vem a formação, cursos e trabalhos anteriores, ordenados do mais recente para os mais antigos. Inclua o nome da empresa, cargo, atribuições e principais vitórias na função.

Entrevista de emprego.

  A entrevista é a oportunidade que o candidato tem de convencer o selecionador sobre suas potencialidades. “Na entrevista de emprego, é importante o candidato estar bem vestido, tranquilo e preparado para responder instantaneamente todas as perguntas sobre seu histórico. A principal dica é naturalidade e sinceridade”, aconselha o diretor Israel Araújo.


SERVIÇO:
Acesse:
www.velirh.com.br e www.fastjob.com.br .